Depois do árduo planejamento para finalmente tirar a empresa do papel, resta a pergunta: comprar ou alugar um imóvel comercial? A questão é polêmica e, por isso, não há uma resposta definitiva. A escolha vai depender de cada caso, envolvendo fatores como o capital de investimento e a estabilidade do negócio.

Por exemplo, se a sua empresa já é consagrada no ramo, tende a ser muito mais viável comprar um imóvel comercial, pois você investirá em um negócio certeiro. Por outro lado, se a sua empresa ainda está em fase de expansão, alugar uma sala comercial é uma boa alternativa até que o negócio se torne estável o suficiente para se instalar em um ponto fixo.

Para ajudar na decisão, preparamos este post com os prós e contras de cada alternativa. Acompanhe a leitura e reflita sobre qual é a melhor opção para o seu caso!

Alugando um imóvel comercial

É comum ouvir que “alugar um imóvel é jogar dinheiro fora”. Mas não é bem assim. Afinal, alugando um ponto comercial, dá para investir de várias maneiras aquele montante que seria utilizado na compra, como um capital de giro ou uma aplicação financeira que funcionaria como uma reserva de contingência para sua empresa.

Dependendo da rentabilidade da aplicação, os ganhos podem inclusive suprir o valor do aluguel. No entanto, vale lembrar que uma sala comercial gera algumas despesas fixas, como água, luz, telefone, condomínio… Todos esses gastos devem entrar no planejamento, de modo que, no final das contas, você possa avaliar se o ponto comercial em questão é realmente viável.

Como dissemos no início do post, o aluguel costuma ser a melhor opção para aquelas empresas que ainda pretendem se expandir no mercado. Isso porque alugar um imóvel traz muito mais flexibilidade para o usuário, já que ele poderá mudar de ponto a qualquer momento — observadas as regras contratuais, claro. Para se ter uma ideia, um contrato de aluguel comercial dura em média cinco anos.

Alugando um imóvel comercial, as empresas que ainda estão se fixando no mercado teriam mais liberdade para mudar de sede, testando outras localizações, estudando diferentes públicos etc. Futuramente, quando essas questões já estiverem decididas e a empresa estiver mais madura, aí sim será mais viável comprar um imóvel comercial, estabelecendo-se em um ponto fixo e valorizando seu patrimônio.

Comprando um imóvel comercial

Quando falamos em comprar ou alugar um imóvel comercial, a tranquilidade da aquisição costuma falar mais alto, pois é natural que o empresário queira se livrar dos gastos operacionais da empresa o mais rápido possível: aluguel, taxas condominiais etc. Então, se houver capital para isso, sem dúvida comprar um imóvel comercial será uma ótima decisão.

Além de diminuir os gastos operacionais, você ganha em personalização e credibilidade para o seu negócio, o que normalmente não acontece em imóveis alugados. Isso significa que você poderá otimizar os espaços a seu gosto, expandindo salas, fazendo sua própria divisão de ambientes, escolhendo os acabamentos de sua preferência, entre outros detalhes.

Dessa forma, fica muito mais fácil favorecer a identidade visual da sua marca, o que naturalmente acaba gerando mais credibilidade para o negócio. Afinal, o ambiente diz muito sobre a empresa. Assim, quando o público procurar a sede, ele saberá quais são os serviços ali prestados e qual é a qualidade do atendimento.

Outra vantagem indiscutível de comprar um imóvel comercial é a valorização do ponto, tendo em vista que esse tipo de imóvel costuma estar localizado em áreas nobres, de fácil acesso e com excelente oferta de serviços. Por isso, comprar uma sala comercial em uma área assim é garantia de valorização da propriedade. Desse modo, ampliam-se as possibilidades de uma futura revenda ou investimento, por exemplo.

Isso sem falar na questão patrimonial. Ao contrário do aluguel, quando você adquire um imóvel próprio, ele se torna patrimônio da empresa. Ou seja, esse é um investimento seguro e com retorno garantido, pois, caso você decida vender a propriedade no futuro, poderá recuperar o dinheiro investido e até mesmo lucrar com a negociação.

Prós e contras de comprar ou alugar um imóvel comercial

A partir do que foi discutido nos tópicos anteriores, deu para refletir de forma mais abrangente sobre o que é recomendado em cada caso. Em seguida, listamos em tópicos as vantagens e desvantagens pontuais de comprar ou alugar um imóvel comercial. Assim, ficará mais fácil visualizar a melhor opção conforme os seus interesses e necessidades.

Vantagens do aluguel

  • capital de giro: o montante que seria utilizado para a entrada e financiamento poderá ser investido em uma reserva ou aplicação financeira, podendo inclusive suprir o valor do aluguel;

  • flexibilidade contratual: dá para mudar de imóvel caso o ponto não esteja compensando, desde que observadas as regras contratuais, sobretudo o prazo estabelecido em contrato;

  • possibilidade de planejamento: permite “testar” diferentes estratégias de localização e de público até que a empresa esteja estável o suficiente para a compra de um ponto fixo.

Desvantagens do aluguel

  • valor da locação: imóveis comerciais tendem a ser mais caros (seja aluguel, seja compra), sem falar que o valor do aluguel pode se equivaler inclusive à parcela do próprio financiamento;

  • custos operacionais: gastos com despesas fixas além do aluguel, como taxas condominiais, sobretudo se a sala estiver localizada em um centro de serviços ou prédio comercial;

  • imagem da marca: geralmente, imóveis alugados são mais “quadradões”, ou seja, é difícil personalizá-los a sua maneira, na intenção de evidenciar a identidade visual da marca.

Vantagens da compra

  • investimento seguro: ao comprar um imóvel comercial, ele passa a ser um verdadeiro patrimônio da empresa, trazendo mais segurança e estabilidade para o negócio;  

  • potencial de valorização: sobretudo se estiver localizado em um ponto nobre, o imóvel comercial terá sua precificação elevada ao longo dos anos, favorecendo uma eventual revenda;

  • credibilidade para a marca: uma sala comercial personalizada e planejada a seu modo favorece a imagem positiva da marca, já que fica mais fácil evidenciar a qualidade do serviço ali prestado.

Desvantagens da compra

  • necessidade de capital: além da estabilidade da empresa, é fundamental ter capital disponível para dar a entrada e arcar com o financiamento imobiliário sem colocar o negócio em risco;

  • possível risco: à compra de um imóvel comercial pode apresentar chance de risco para empresas que ainda estão em fase de desenvolvimento ou expansão, visto que elas ainda não têm maturidade suficiente para se fixar no mercado;

  • falta de mobilidade: ao contrário dos contratos flexíveis de aluguel, quando você compra uma sala comercial o ponto é fixo, isto é, se houver necessidade de mudança, será preciso negociar a propriedade.

Pronto! Agora sim deu para conhecer mais a fundo as características de cada um desses investimentos. Como dissemos, a decisão sobre comprar ou alugar um imóvel comercial não é definitiva. Na hora da escolha, o ideal é avaliar cuidadosamente os prós e contras das duas opções para saber qual delas melhor corresponde ao perfil da sua empresa.

Aproveite e leia também este post sobre como funciona a precificação de um imóvel, para compreender melhor os valores praticados no mercado!